Última hora

Última hora

O adeus ao "Leão do Senado"

Em leitura:

O adeus ao "Leão do Senado"

Tamanho do texto Aa Aa

Os norte-americanos prestam a última homenagem a Ted Kennedy.

O corpo do “Leão do Senado”, que morreu na madrugada de quarta-feira aos 77 anos, vítima de um tumor cerebral, chegou à biblioteca presidencial John F. Kennedy, em Boston, para as cerimónias fúnebres. Considerado o último herdeiro de um dos clãs políticos mais poderosos dos Estados Unidos, o senador democrata vai ser enterrado sábado à tarde no cemitério nacional de Arlington, ao lado dos seus irmãos John e Robert. Barack Obama, que recebeu o importante apoio do senador na corrida à Casa Branca fará um breve elogio fúnebre. Milhares de pessoas acompanharam Ted Kennedy, durante o cortejo de 110 quilómetros desde a residência da família, em Cape Cod, até Boston. Um percurso que incluiu a passagem por locais importantes na vida do senador. O corpo está em câmara ardente durante as próximas horas. A última oportunidade para milhares de norte-americanos prestarem homenagem ao homem que marca o fim de uma era política.