Última hora

Última hora

Secretário-geral da NATO apela à cooperação entre a Turquia e a Grécia no Afeganistão

Em leitura:

Secretário-geral da NATO apela à cooperação entre a Turquia e a Grécia no Afeganistão

Tamanho do texto Aa Aa

O secretário-geral da NATO está na Turquia para uma visita de dois dias.

Um encontro sensível, já que Ancara opôs-se à nomeação de Anders Fogh Rasmussen à frente da Aliança Atlântica, depois da publicação dos cartoons do profeta Maomé na imprensa dinamarquesa. Rasmussen apelou à liberdade de expressão; a Turquia não gostou. O antigo primeiro-ministro dinamarquês participou num jantar típico, em pleno Ramadão, e declarou que a sua presença é uma manifestação de respeito pelo Islão. O secretário-geral da NATO chega à Turquia, depois de uma visita à Grécia, onde apelou à cooperação entre Aliança Atlântica e a União Europeia no Afeganistão, deixando de lado os diferendos entre Ancara e Atenas. O desentendimento entre os dois países impediu a conclusão de um acordo para que as tropas da NATO protejam a missão europeia de formação da polícia afegã. Para além disso, a Turquia não reconhece o Chipre como país independente e membro da União Europeia. Os dois estados mantêm ainda diferendos no que respeita à soberania no mar Egeu.