Última hora

Última hora

Eleições regionais são ensaio-geral para legislativas alemãs de Setembro

Em leitura:

Eleições regionais são ensaio-geral para legislativas alemãs de Setembro

Tamanho do texto Aa Aa

Perto de quatro milhões e meio de alemães deslocam-se este domingo às urnas para elegerem novos parlamentos regionais.

Os escrutínios em três “lander” são vistos como um ensaio-geral para as legislativas de 27 de Setembro. Às urnas vão os habitantes do Sarre, da Saxónia e da Turíngia. Os três Estados regionais representam cerca de 7% do eleitorado nacional e são actualmente governados pela União Democrata-Cristã (CDU) da chanceler Angela Merkel. No entanto, de acordo com as sondagens, este cenário pode mudar. Na Turíngia e no Sarre a CDU deverá perder a maioria absoluta. Na Saxónia, a vitória não deverá fugir à CDU, que deverá trocar de parceiro no governo, prescindindo do SPD para se aliar aos Liberais. Estas eleições regionais são também uma derradeira oportunidade para os sociais-democratas (SPD) de Frank-Walter Steinmeier tentar relançar a campanha para as legislativas e reduzir a diferença de cerca de 15% para os conservadores de Merkel. Os últimos dias de campanha eleitoral ficaram marcados pela possibilidade dos sociais-democratas do SPD se aliarem pela primeira vez na Alemanha ocidental aos neocomunistas. O actual líder do Die Linke e ex-líder do SPD, Oskar Lafontaine, é candidato a governador do Sarre, cargo que já ocupou entre 1985 a 1998.