Última hora

Em leitura:

Japão: oposição consegue vitória histórica e sobretudo esmagadora


mundo

Japão: oposição consegue vitória histórica e sobretudo esmagadora

Até aqui histórica, como previam as sondagens, a vitória da oposição centrista nas legislativas japonesas passou a ter outro adjectivo para a qualificar: esmagadora.

Os apoiantes do partido dado como vencedor começaram a celebrar a vitória nas ruas das principais cidades japonesas. A palavra de ordem era “banzai”, ou seja longa vida em japonês. O líder do Partido Democrático, Yukio Hatoyama, já veio a público agradecer aos eleitores o maciço apoio recebido. Hatoyama acrescentou que “os cidadãos sentiam-se frustrados com o governo do partido no poder” e “tendo em conta a vida das pessoas nós definimos como objectivo mudar de governo e fizemos campanha para isso.” De acordo com as estimativas, o Partido Democrático (PD) deverá conquistar entre 298 e 329 assentos parlamentares, contra os actuais 112. O Partido Liberal Democrata (PLD) passa dos actuais 303 para entre 84 e 131 deputados. O PLD já reagiu às estimativas reconhecendo que o partido sofreu uma vitória histórica. Em conferência de imprensa, o primeiro-ministro cessante, Taro Aso, afirmou que vai assumir as suas responsabilidades e que os conservadores devem “organizar o mais rapidamente possível uma eleição para a presidência do partido.” Três dos principais dirigentes da formação apresentaram a demissão logo após o anúncio das primeiras sondagens à boca das urnas. O PLD governou o Japão durante 54 anos. A segunda maior economia mundial inicia agora um novo ciclo político.

mundo

Vitória esmagadora da oposição japonesa