Última hora

Última hora

Democratas japoneses põem fim a meio século de domínio da direita

Em leitura:

Democratas japoneses põem fim a meio século de domínio da direita

Tamanho do texto Aa Aa

O líder do partido democrata japonês já começou a negociar a formação do próximo Governo nipónico.

O PDJ conseguiu uma vitória histórica sobre o PDL ao triplicar o número de assentos que detinha na câmara baixa do parlamento. No discurso de vitória, o líder democrata e próximo primeiro-ministro Yukio Hatoyama sublinhou que “levou muito tempo, mas chegámos finalmente à linha de partida. Este não é de forma nenhuma o destino. Vamos finalmente poder criar uma nova política que corresponda às expectativas das pessoas”, concluiu. De saída está o primeiro-ministro Taro Aso cujo partido PLD liderou o Japão durante a maior parte dos últimos 50 anos. Mas o novo executivo não deverá ter uma tarefa fácil para cumprir as promessas eleitorais. O PDJ diz que vai recuperar o poder de compra dos consumidores, fazer cortes orçamentais e reduzir o poder dos burocratas. “Espero que eles limpem muito do lixo que o PLD não limpou, como por exemplo a burocracia”, declarou Takayuki Ohira, trabalhador do sector tecnológico. “Penso que é bastante difícil fazer mudanças, mas se eles não fizerem o que prometeram no seu manifesto, penso que os eleitores não vão ficar calados”, adiantou Masayuki Mori, um reformado de 73 anos. As últimas contagens atribuíam ao PDJ um resultado esmagador de 308 assentos parlamentares na Câmara baixa composta por 480 lugares. O partido liberal que até agora detinha 300 deputados, não conseguiu mais do que 119. A composição do novo executivo liderado por Hatoyama só deverá ser anunciada dentro de duas semanas.