Última hora

Última hora

Bronze romano descoberto na Alemanha

Em leitura:

Bronze romano descoberto na Alemanha

Tamanho do texto Aa Aa

Os arqueólogos descobriram recentemente na Alemanha uma espectacular peça de bronze do tempo dos Romanos. Trata-se de uma cabeça de cavalo, em tamanho real, encontrada no fundo de um poço e que dá indicações de uma presença romana na região mais importante do que os historiadores pensavam. A cabeça pesa 25 kg e é uma das peças de bronze romanas mais bem preservadas no mundo.

A descoberta foi feita num local próximo de Waldgrimes no estado de Essen, cerca de 40 km a norte de Frankfurt. Os arqueólogos escavavam aqui uma cidade romana desde 1993. Para além da cabeça foi também descoberto um pé de um cavaleiro, provavelmente pertencente à mesma estátua. Um achado que está num estado de conservação excelente como explica a ministra regional da ciência, Eva Kuhne-Hormann: “Descobrimos realmente algo que não existe em qualquer outro lado nesta forma ou nesta qualidade. Só continua neste estado porque foi encontrada num poço. Foi preservada pela água melhor do que se estivesse estado ao ar ou noutro sítio qualquer”. Segundo os peritos, a estátua representa uma personagem importante e famosa no Império Romano, possivelmente um general ou um antigo militar que se tenha tornado político, já que se sabe que, na maioria das estátuas romanas, os líderes eram imortalizados a montar os seus cavalos. Há também quem afirme que a estátua pode ser do próprio Imperador Augustus. Egon Schallmayer, professor de arqueologia: “A importância deste achado reside no facto de que, até agora, não se tinha descoberto nada do género em terrenos alemães ou germânicos. Estas relíquias podem ser classificadas como arte do período alto do Império Romano, tendo sido realizadas por volta da altura de Cristo”. Com cerca de 50 cm de comprimento, a cabeça esteve coberta com uma fina folha de ouro. Foi ricamente esculpida com uma representação do deus da guerra no cabresto do cavalo.