Última hora

Última hora

Número dois dos serviços secretos afegãos morre em atentado no Leste do país

Em leitura:

Número dois dos serviços secretos afegãos morre em atentado no Leste do país

Tamanho do texto Aa Aa

Os talibãs mataram o número dois dos serviços secretos afegãos num atentado suicida que fez pelo menos 24 mortos no Leste do Afeganistão.

O ataque ocorreu durante a manhã junto à mesquita de Mehtar Lam, capital da província de Laghman, quando vários oficiais afegãos abandonavam o local depois de uma reunião dedicada à luta contra a insegurança e o tráfico de droga. O chefe-adjunto dos serviços secretos afegãos, Abdullah Laghmani, era o alvo do atentado, segundo o porta-voz dos talibãs que fez a reivindicação. A maioria dos mortos são civis, mas incluem ainda quatro outros representantes das autoridades nacionais e locais. O ataque fez também mais de meia centena de feridos. O presidente Hamid Karzai e as Nações Unidas condenaram o atentado, o segundo mais mortífero desde as presidenciais de 20 de Agosto. Os afegãos continuam à espera dos resultados definitivos e oficiais do escrutínio, que não deverão ser conhecidos antes de 17 de Outubro.