Última hora

Última hora

Indonésia: vítimas de sismo queixam-se de falta de assistência

Em leitura:

Indonésia: vítimas de sismo queixam-se de falta de assistência

Tamanho do texto Aa Aa

As buscas por sobreviventes prosseguem na Indonésia, um dia depois de um violento sismo ter provocado mais de meia centena de mortos.

Dezenas de pessoas continuam ainda desaparecidas, como aqui, na povoação de Cikangkareng no Oeste da ilha de Java. O abalo provocou o desmoronamento de uma montanha, soterrando dezenas de casas. Mais de 40 pessoas estarão ainda sob os escombros. Um residente afirma que, “o terramoto provocou o deslizamento de terras. Primeiro a terra tremeu e ouvimos um ruído ensurdecedor, depois a montanha abateu-se sobre as casas da aldeia”. O sismo de 7 de magnitude na escala de Richter com epicentro em alto-mar, foi sentido em toda a ilha de Java, destruíndo mais de 18 mil casas, da capital Jakarta às aldeias remotas da costa. Os desalojados contam-se aos milhares, em especial nas regiões rurais, onde a população aguarda ainda a chegada a ajuda do governo e se queixa da falta de água potável e mantimentos. A Austrália e o Japão já se disponibilizaram a fornecer ajuda à Indonésia num momento em que o governo anuncia que o saldo de vítimas poderá continuar a aumentar.