Última hora

Última hora

Primeira mulher a ocupar pasta em Governo iraniano confirmada

Em leitura:

Primeira mulher a ocupar pasta em Governo iraniano confirmada

Tamanho do texto Aa Aa

Pela primeira vez em trinta anos, desde o estabelecimento da República Islâmica do Irão, uma mulher vai ser ministra. Foi o único nome feminino aprovado pelo parlamento, numa sessão de votos em que todo o gabinete proposto pelo presidente Mahmoud Ahmadineijad, foi sujeito a uma moção de confiança.

Três ministros foram rejeitados, um homem e duas mulheres. No entanto, Massoud Mirkazemi, vai ser Ministro do Petróleo, ocupando assim uma das pastas mais importantes do executivo de Ahmadineijad. Ali Abadi, um dos ministros rejeitados, tinha sido proposto para a pasta das Infra-Estruturas. Foi o único homem chumbado pelo parlamento. Com 56 anos, a futura Ministra da Saúde, ginecologista, defende que as mulheres devem ser apenas atendidas por médicas. E procurado pela Interpol desde 2007, Ahmad Vahidi vai mesmo ser Ministro de Defesa. A Argentina acusa-o de ser um dos cérebros do atentado contra um centro judeu em Buenos Aires em 1994, que matou 85 pessoas. O futuro ministro é um terrosita para Israel, mas aparentemente um herói para o parlamento iraniano, que ovacionou a sua confirmação enquanto ministro.