Última hora

Última hora

Acusações de censura contra Sócrates a poucas semanas das eleições

Em leitura:

Acusações de censura contra Sócrates a poucas semanas das eleições

Tamanho do texto Aa Aa

Questões de alteração na grelha de programação da TVI é a versão oficial para justificar a suspensão do jornal de Manuel Moura Guedes, habitualmente muito crítico em relação ao governo socialista.

O primeiro-ministro, José Sócrates que se queixa de “uma caça ao homem” por parte da jornalista recebe da oposição acusações de censura. Sócrates recusa, no entanto, qualquer responsabilidade ou influência no cancelamento do Jornal Nacional de Sexta-Feira decisão da administração que levou à demissão da Direcção de Informação da estação. Uma das primeiras reacções surgiu da Entidade Reguladora da Comunicação Social (ERC) que anunciou “imediata abertura, com carácter de urgência” de um processo de averiguações. A administração da estação de televisão justifica a decisão com a necessidade de homogeneizar o noticiário. Moura Guedes tinha revelado que tem pronta uma peça com notícias novas sobre o caso Freeport. O processo Freeport está relacionado com alegadas suspeitas de corrupção e tráfico de influências no licenciamento do espaço comercial, em 2002, quando o actual primeiro-ministro, José Sócrates, era ministro do Ambiente. As investigações continuam e não devem estar concluidas antes das eleições.