Última hora

Última hora

Airbus investiga alternativa às caixas negras

Em leitura:

Airbus investiga alternativa às caixas negras

Tamanho do texto Aa Aa

A Airbus está a investigar uma alternativa às caixas negras dos aviões. Um projecto que visa responder à dificuldade em encontrar as caixas negras, nomeadamente quando os aviões se despenham no mar. Foi o caso do voo 447 da Air France entre o rio de Janeiro e Paris. A causa da catástrofe - em que 228 pessoas perderam a vida -ainda não foi apurada.
 
O objectivo é possibilitar a transmissão dos dados do voo em tempo real através de um satélite em vez de recorrer ao processo tradicional que consiste em armazená-los nas caixas negras.
 
 
A transmissão em tempo real já é uma realidade no que diz respeito à manutenção dos aviões, agora é preciso aplicá-la aos dados vitais do voo como explica Gérard Feldzer, perito em aviação:
 
“Em vez de guardar os dados no avião poderíamos transmiti-los por satélite ou outras redes no solo. Deste modo temos uma cópia dos dados para interpretar. O que nos permite ganhar tempo, energia e segurança porque podemos reagir mais depressa.”
 
O único senão do projecto é o custo. A construtora aérea estima que a instalação do sistema custaria 50 mil euros para cada avião. Sem mencionar a oposição de alguns pilotos que alegam que a transmissão dos dados em tempo real pode constituir uma violação de privacidade.