Última hora

Última hora

MNE europeus criticam bombardeamentos da NATO no Afeganistão

Em leitura:

MNE europeus criticam bombardeamentos da NATO no Afeganistão

Tamanho do texto Aa Aa

Os ministros dos Negócios Estrangeiros da União Europeia criticaram a actuação da NATO no Afeganistão durante uma reunião em Estocolmo.

Liderados por Karld Bildt, ministro sueco, os chefes da Diplomacia reuniram-se no âmbito do concelho informal pelo segundo dia consecutivo. Já foi pedido um inquèrito urgente aosbombardeamentos da NATO que fizeram dezenas de mortos. A comissária europeia para os Negócios Etsrangeiros, Benita Ferrero-Waldner, indicou que que este é o bom momento para reavaliar a estratégia em relação ao Afeganistão, aproveitando as eleições presidenciais. Mas o responsável francês, Bernard Kouchner foi mais duro e denunciou a falta de diálogo entre os actores da comunidade internacional: “Apenas pertencemos a uma aliança. Não definimos nenhum projecto preciso, nenhuma etsratégia europeia. De que serve falarmos sempre das coisas básicas?” Os responsáveis europeus procuram novas estratégias para aumentar as capacidades do novo governo afegão, entre elas a melhor forma de fortalecer o executivo e desenvolver as instituições estatais. Os bombardeamentos em Kurduz, no Afeganistão, que provocaram dezenas de mortos, fiseram também dezenas de feridos, entre eles vários civis.