Última hora

Última hora

Autoridades do Gabão equacionam estado de sítio depois de violência que fez três mortos

Em leitura:

Autoridades do Gabão equacionam estado de sítio depois de violência que fez três mortos

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades do Gabão ameaçam decretar o estado de sítio na cidade de Port-Gentil, onde a violência pós-eleitoral fez pelo menos três mortos desde as presidenciais do dia 3.

Com a maioria dos comércios encerrados, Port-Gentil tem sido palco de motins, pilhagens e incêndios desde o anúncio da eleição de Ali Bongo, filho do falecido ditador Omar Bongo Ondimba. Ali Bongo assistiu este domingo à qualificativa do Gabão contra os Camarões para o Mundial de 2010 no estádio da capital, Libreville, acompanhado por centenas de soldados. As forças de segurança mobilizaram um importante contingente na capital do Gabão para evitar que os distúrbios se alastrem. A oposição contesta a vitória do presidente que, segundo os resultados oficiais, conquistou 48 por cento dos votos. A França, com um grande número de cidadãos a residir em Port-Gentil e fortes interesses económicos na capital petrolífera do Gabão, diz manter uma posição de neutralidade entre a oposição e Ali Bongo.