Última hora

Última hora

Brasília e Paris estreitam cooperação

Em leitura:

Brasília e Paris estreitam cooperação

Tamanho do texto Aa Aa

Parceiro estratégico do presidente Lula da Silva, Nicolas Sarkozy chegou a Brasília para acompanhar hoje os festejos da independência e assinar o acordo que permitirá a construção do primeiro submarino nuclear produzido no país.

Considerada uma das apostas mais ambiciosas das forças armadas brasileiras a estratégia envolve a construção de um estaleiro e uma base naval no Rio de Janeiro, onde serão produzidos quatro submarinos convencionais do modelo Scorpène e um submarino nuclear. Uma visita de Estado rápida na qual espera fechar a primeira e muito esperada venda de 36 aviões caça franceses Rafale. Para convencer o Brasil, a França aceitou uma transferência tecnológica considerada sem precedentes por Paris. O acordo de transferência de tecnologia abrange apenas as partes não-nucleares do projeto, o que despertou as críticas de alguns parlamentares no Congresso. O Rafale, da empresa francesa Dassault, está em competição acirrada com o Gripen da sueca Saab e o F/A18 Super Hornet da americana Boeing por um contrato de quatro mil milhões de dólares.