Última hora

Última hora

Jornalista sudanesa condenada a multa por usar calcas

Em leitura:

Jornalista sudanesa condenada a multa por usar calcas

Tamanho do texto Aa Aa

No Sudão a activista dos direitos humanos Lubna Hussein foi condenada por um tribunal de Cartum a uma multa de 500 livras sudanesas por ter usado calças.

Também jornalista violou o artigo 151 do Código Penal sudanes de 1991 entrado em vigor paos o golpe de Estado do actual presidente Omar el Béchir Este parlamentar insurge-se contra este tipo de legislação que considera uma violação dos direito humanos quer para muçulmanos quer para cristãos e acusa ainda de se tratar de uma lei inconstitucuional . Esta lei prevê uma pena máxima de 40 golpes de chicote para quem comete um acto de indecência ou um acto que viole a moral pública. O processo contra a jornalista relançou o debate no seio das famílias sudanesas e pode embaraçar o governo dada a exposição internacional do caso. A Amnistia Internacional exortou as autoridades de Cartum a abolir esta legislação e a retirar as acusações.