Última hora

Última hora

Líbia recusa pagar indemnizações

Em leitura:

Líbia recusa pagar indemnizações

Tamanho do texto Aa Aa

A Líbia, acusada de fornecer armas e explosivos ao IRA, recusa indemnizar as famílias das vítimas dos atentados executados pelo Exército Republicano irlandês.

Um dos filhos do líder Mouammar Kadhafi anunciou que a decisão terá de ser resolvida pelos tribunais. Reacende-se a polémica entre os dois países quando ainda se colocam questões sobre a libertação de Abdelbasset Al-Megrahi, único condenado de Lockerbie. “Isto é uma tragédia, é imoral! É completamente absurdo colocar este caso na agenda política, que é o que está a acontecerem Londres. Os partidos aposta tudo na preparação das próximas eleições e estão a utilizar a tragédia para tomarem vantagem. É repugnante”, afirma Saif Al-Islam. Londres pretende nomear elementos do ministério dos Negócios Estrangeiros e da embaixada em Tripoli, para amenizar as tensões na próxima visita à Líbia. Os acordos energéticos entre a Grã-Bretanha e a Líbia parecem surgir como prioridade no dossier político. Segundo fontes, esta terá sido a causa para a libertação de Al-Megrahi pelas autoridades escocesas, condenado pela morte de 270 pessoas, no atentado de Lockerbie. O ex-agente secreto líbio regressou a casa com apenas três meses de vida com um cancro, em fase terminal.