Última hora

Última hora

Hugo Chavez: a estrela do festival de Veneza

Em leitura:

Hugo Chavez: a estrela do festival de Veneza

Tamanho do texto Aa Aa

Hugo Chavez foi a estrela da passadeira vermelha no Festival de Veneza.

O presidente venezuelano esteve presente esta segunda-feira para a projecção oficial de “South of the Border”, o documentário de Oliver Stone sobre as mudanças na América Latina, que foi exibido fora da competição. Uma obra onde Chavez é o actor principal. O chefe de estado venezuelano diz que é “uma boa forma de prestar tributo ao povo, à resistência, ao amor dos povos da América Latina”. Fã assumido de Chavez, o autor de Platoon e Nascido a 4 de Julho passou a fronteira e quis saber por que razão a América “diaboliza” a figura do presidente venezuelano. “As melhorias sociais são óbvias na Venezuela, apesar de existirem ainda muitos problemas. Ocorreu uma mudança maravilhosa desde 2000”, declarou o realizador norte-americano, em conferência de imprensa. O documentário percorre os países da América do Sul, em busca dos sinais de progresso social, na saúde e na educação nos últimos 10 anos, desde que Chavez chegou o poder. O filme conta ainda com a participação dos presidentes da Bolívia, do Brasil e do Paraguai, entre outros. Um ano depois da estreia de W, filme de Oliver Stone sobre George W. Bush, Veneza aplaudiu de pé o homem que continua a ser um dos principais inimigos dos Estados Unidos.