Última hora

Última hora

Remodelação governamental no México face a fracasso na luta contra tráfico de droga

Em leitura:

Remodelação governamental no México face a fracasso na luta contra tráfico de droga

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente mexicano tenta combater as críticas crescentes à política económica e de segurança do seu governo.

Três anos após a chegada ao poder, Filipe Calderón anunciou hoje uma profunda remodelação governamental, na véspera de apresentar ao Parlamento o orçamento de estado para 2010. O chefe de Estado decidiu substituir os ministros da Justiça, do Petróleo e da Agricultura, face à ineficácia em combater o tráfico de droga, e num momento em que a produção petrolífera do país se encontra em queda livre. Calderón afirmou ter aceite a demissâo do responsável da justiça, Eduardo Medina Mora, reconhecendo, “o profissionalismo, empenho e lealdade (do mandatário) na luta contra o crime organizado”. Mas o resultado da política de segurança de Eduardo Medina está distante das promessas que levaram Calderón ao poder em 2006. Nos últimos três anos mais de 13 mil pessoas morreram na sequência da guerra entre cartéis da droga. Com a remodelação governamental, o presidente espera obter o apoio do parlamento a uma reforma das finanças públicas para poder recuperar a economia do país.