Última hora

Última hora

Sites de venda de produtos electrónicos não respeitam consumidor

Em leitura:

Sites de venda de produtos electrónicos não respeitam consumidor

Tamanho do texto Aa Aa

Mais de metade dos sites da Internet europeus de venda de produtos electrónicos não respeita os direitos dos consumidores ou abusam da sua confiança.

Quem o diz é o órgão da União Europeia responsável pelos direitos dos consumidores, após ter controlado 369 sites de 28 países. As explicações da comissária para a Protecção dos Consumidores, Meglena Kuneva. “Se viver em França e quiser comprar uma máquina fotográfica digital num site belga, devia poder encontrar informação clara sobre os prazos de entrega para França antes de decidir comprar a máquina fotográfica. No entanto, em muitos casos, os clientes não encontram tais informações.” Cerca de um quarto dos internautas europeus utiliza a Internet para comprar produtos electrónicos como as máquinas fotográficas e câmaras digitais, telemóveis ou leitores de DVD. Este mercado está avaliado em 6,8 mil milhões de euros por ano. Cerca de um terço dos sites criticados pela Comissão não indicava de forma correcta a morada e o número de telefone para que o cliente os pudesse contactar.