Última hora

Última hora

GM decide futuro da Opel na Alemanha

Em leitura:

GM decide futuro da Opel na Alemanha

Tamanho do texto Aa Aa

Depois de meses de incerteza, o futuro da Opel deverá ser desvendado esta quinta-feira.

O novo conselho de administração da General Motors, que controla a fabricante alemã, chegou finalmente a uma decisão, que é aguardada com impaciência tanto pelos sindicatos como pelo Governo de Berlim. Os representantes dos trabalhadores receiam que o grupo sediado em Detroit decida encerrar pelo menos três fábricas na Europa e pressionam a GM para que deixe a direcção da filial. Uma posição apoiada pela Chanceler Angela Merkel que, em vésperas de eleições, teme a ocorrência de despedimentos em massa e defende a aquisição da Opel pela Magna International. A oferta do Grupo Canadiano deverá salvar mais postos de trabalho e unidades fabris, facto que levou a Alemanha a oferecer uma garantia de 4,4 mil milhões de euros à proposta da Magna. Em jogo está o futuro de 250.000 operários e outros funcionários que trabalham para a Opel em solo alemão e estão prestes a organizar protestos se a GM não escolher a oferta canadiana.