Última hora

Última hora

Barcos com lixo radioactivo poderão ter sido afundados pela máfia calabresa

Em leitura:

Barcos com lixo radioactivo poderão ter sido afundados pela máfia calabresa

Tamanho do texto Aa Aa

Uma equipa de investigação italiana divulgou as primeiras imagens de um navio supostamente afundado pela máfia com uma carga de lixo radioactivo.

As autoridades suspeitam que o barco faça parte de um grupo de embarcações que transportavam materiais radioactivos provenientes do Líbano no final dos anos 80. O transporte terá afinal sido feito por mafiosos encarregues de fazer desaparecer o lixo de forma menos dispendiosa. Os destroços foram detectados ao largo da costa calabresa graças ao relato de antigos membros da N’drangheta. Mas a natureza da carga está por confirmar. “Nós queremos saber o que está dentro deste navio, se tem qualquer carga tóxica, e onde se encontram os navios que os arrependidos indicaram, porque eles falaram em vários barcos no mar da Calábria”, afirmou Silvio Greco um funcionário do ministério do ambiente. Os destroços foram localizados a 20 milhas marítimas da cidade Costeira de Cetraro. Segundo testemunhou um chefe arrependido, a Máfia Calabresa terá sido paga por altos funcionários do Governo italiano para que se desfizessem de várias embarcações com cargas semelhantes.