Última hora

Última hora

Polícia ugandesa deteve centenas de membros tribais

Em leitura:

Polícia ugandesa deteve centenas de membros tribais

Tamanho do texto Aa Aa

Continua o clima de tensão no Uganda três dias depois dos distúrbios que resultaram na morte de 14 pessoas na capital do país.

A polícia patrulha as ruas de Campala depois dos confrontos que fizeram mais de 90 feridos e após os quais foram detidos mais de 500 suspeitos. Na origem da violência estão os protestos de apoiantes de Kabaka Ronald Muwenda Mutebi, rei da tribo Buganda, uma das maiores etnias ugandesas. O soberano daquela etnia foi impedido pelas autoridades centrais de visitar um distrito a norte da capital, facto que levou aos confrontos entre manifestantes e forças de segurança. Este sábado os contestatários começaram finalmente a dispersar forçados pela forte presença policial e militar.