Última hora

Última hora

Residentes de Istambul regressam a casas inundadas

Em leitura:

Residentes de Istambul regressam a casas inundadas

Tamanho do texto Aa Aa

Istambul começa a emergir lentamente das piores inundações dos últimos oitenta anos na Turquia.
 
Segundo um último balanço, as chuvas torrenciais que no início da semana passada se abateram sobre a capital e a província vizinha de Tekigard, fizeram 33 mortos.
 
Na região a noroeste da cidade, as águas invadiram uma centena de habitações, obrigaram a cortes temporários em muitas estradas e centenas de pessoas foram evacuadas.
 
Este domingo muitos residentes voltaram para avaliar os estragos.
 
“Eu perguntei ao meu vizinho o que é que se estava a passar e ele disse-me que a inundação se estava a aproximar. Eu corri para dentro de casa, e de repente a água entrou tão depressa. Ficámos tão assustados”.
 
O desastre mobilizou mais de 6.000 bombeiros e socorristas só para assistir a população de uma metrópole habitada por 14 milhões de pessoas.
 
O Governo central e o município de Istanbul têm sido alvo de muitos críticos que acusam as autoridades de não terem tomado as precauções devidas contra as cheias.