Última hora

Última hora

Portugal: TGV marca arranque da campanha eleitoral

Em leitura:

Portugal: TGV marca arranque da campanha eleitoral

Tamanho do texto Aa Aa

Em Portugal, o arranque da campanha eleitoral ficou marcado pela polémica em torno do TGV.

José Sócrates acusou Ferreira Leite de “ataque antidemocrático” depois da líder do PSD ter afirmado que a ligação de alta velocidade serve interesses espanhóis. No frente-a-frente deste sábado, a ex-ministra das Finanças garantiu que com ela não há TGV: “Se eu fôr primeira-ministra como desejo suspendo a medida”. A reacção de Madrid não se fez esperar. O governo espanhol mostrou-se preocupado com a possibilidade de vir a ser suspensa a ligação ferroviária de alta velocidade entre Lisboa e Badajoz. O ministro espanhol do Fomento, José Blanco, afirmou que o cancelamento da ligação seria um “revés” porque se trata de algo “muito importante para a integração da península ibérica”. As sondagens prevêm um empate técnico entre PS e PSD, sem maiorias absolutas e com todos os pequenos partidos a subirem.