Última hora

Última hora

Colapso da economia obriga islandeses a alterar hábitos de consumo

Em leitura:

Colapso da economia obriga islandeses a alterar hábitos de consumo

Tamanho do texto Aa Aa

Na Islândia, o colapso da economia obrigou a população a alterar os hábitos de consumo.

Faz agora um ano que uma grande parte dos 320 mil habitantes da ilha acordou para o pesadelo. Muitos perderam o emprego e viram a prestação da casa duplicar. Um cenário que ajudou ao florescimento das lojas de artigos em segunda mão. Uma mulher afirma que mudou a forma como faz compras, de roupa e comida, e que não compra roupa nova mas que isso não é grave porque “há coisas mais importantes na vida”. Os inquéritos ao consumo revelam que 80% dos islandeses compram menos e viram-se para produtos mais baratos. Um professor de ciências sociais da universidade de Bifrost aponta o dedo à alta finança. Para o docente “os heróis de ontem são os vilões de hoje e as coisas que as pessoas valorizam, como o dinheiro, já não são tão importantes como foram nos últimos anos”. Considerada pelas Nações Unidas como uma das nações mais desenvolvidas do planeta, a Islândia foi obrigada a nacionalizar a maior parte dos bancos e a assumir milhares de milhões de euros de dívidas.