Última hora

Última hora

Greve do leite alastra-se a outros países europeus

Em leitura:

Greve do leite alastra-se a outros países europeus

Tamanho do texto Aa Aa

Em protesto contra a queda do preço do leite, três milhões de litros foram derramados na Valónia. O derrame ou a oferta do leite, em detrimento da entrega à indústria, são as formas de luta de um movimento nascido em França, na semana passada, mas que já se estendeu a outros países.

Na quarta-feira, os agricultores belgas derramaram o equivalente a um dia de produção na região. “Realizámos acções de protesto durante o fim-de-semana e hoje juntámos o equivalente a um dia de produção na Valónia. Se os sindicatos não nos querem ajudar, fazemo-lo sem eles”, explicou Sébastien Demoitié. Mais de 40 mil agricultores de oito países europeus aderiram à greve do leite, segundo os dados da Federação dos Produtores Leiteiros. Os agricultores protestam contra a queda do preço e os planos da União Europeia para aumentar as quotas de produção anuais. A comissária europeia da Agricultura apresenta, na quinta-feira, novas propostas para fazer face à crise do sector.