Última hora

Última hora

Barack Obama decide acabar com o projecto de escudo antimíssil na Europa central

Em leitura:

Barack Obama decide acabar com o projecto de escudo antimíssil na Europa central

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente norte americano anunciou a decisão num breve intervenção na Casa Branca e sublinhou  que o programa balístico iraniano, na origem do projecto, continua a ser uma “ameaça importante” .
 
Obama afirmou que os Estados Unidos vão trabalhar num sistema mais flexível, mais rápido e mais barato para lidar com ameaças sobre o território aliado  e que essa opção foi tomada depois de uma recomendação “unânime” das chefias militares.
 
Os peritos, cuja análise deverá ser entregue a Obama já na próxima semana, concluíram que “o programa de mísseis de longo alcance do Irão não progrediu tão rapidamente como fora anteriormente previsto”  esvaziando desta forma as justificações apresentadas pelos Estados Unidos para colocar um radar de detecção na República Checa e dez mísseis interceptores na Polónia.
 
O primeiro-ministro checo Jan Fischer recebeu a notícia por telefone e declarou que espera mesmo assim que os Estados  continuem a cooperar com o seu pais noutros domínios como a ciência e tecnologia e que apõem financeiramente outros programas militares”.
 
Obama tinha ordenado que fosse reexaminado o projecto de escudo antimíssil do seu antecessor George W. Bush que visava fazer frente a ameaças de países como o Irão.