Última hora

Última hora

Obama quer clarificar estratégia no Afeganistão

Em leitura:

Obama quer clarificar estratégia no Afeganistão

Tamanho do texto Aa Aa

Tempo…É o que pede o Presidente norte-americano antes de se pronunciar sobre o eventual reforço de efectivos no Afeganistão.

As declarações foram feitas durante um encontro com o primeiro-ministro do Canadá, país que pretende retirar as tropas no terreno, em 2011. Obama defende que “antes de enviar mais homens e mulheres para o campo de batalha é necessário clarificar a estratégia a seguir,” adiantando, que é isso que pretende fazer “antes de pôr o carro à frente dos bois.” O comandante das forças norte-americanas diz que nada está perdido, mas insiste na necessidade de reforçar o contingente no terreno para travar o avanço dos talibã. Os confrontos com os insurgentes continuam a provocar baixas junto das forças internacionais. O Reino Unido perdeu, esta quarta-feira, dois homens, elevando, para 216 o número de soldados mortos no Afeganistão. A situação política no país não ajuda. Quatro semanas após as as eleições presidenciais, há novas suspeitas de fraude. Ao que tudo indica muitos centros de voto não chegaram a abrir, mas isso não impediu que os boletins aparecessem nas contas da Comissão Eleitoral. Dos votos suspeitos, um milhão e cem mil vão para Hamid Karzai e trezentos mil para o principal adversário, Abdullah Abdullah.