Última hora

Última hora

Seis soldados italianos mortos no Afeganistão

Em leitura:

Seis soldados italianos mortos no Afeganistão

Tamanho do texto Aa Aa

Um ataque suicida com um carro armadilhado provocou esta quinta-feira, no Afeganistão, 16 mortos e dezenas de feridos.  
 
Seis soltados italianos e 10 civis afegãos foram as vítimas deste ataque que ocorreu em Cabul numa rua entre a embaixada norte-americana e o aeroporto da cidade. É já o quarto ataque na capital desde o período eleitoral de 20 de Agosto no Afeganistão.
 
O Parlamento Italiano assinalou um minuto de silêncio em memória das vítimas do ataque e o primeiro-ministro, Silvio Berlusconi, enviou condolências aos familiares dos soldados. O ministro da Defesa italiano Ignacio la Russa  considerou o ataque uma vile e cobarde agressão. 
 
Numa altura em que o número de baixas entre as forças internacionais no Afeganistão não pára de aumentar e a guerrilha taliban continua a ganhar terreno o comandante da ISAF, general Stanley McChrystal, vai a Lisboa apresentar aos chefes do Estado-Maior dos 28 países da Aliança um relatório detalhado sobre o estado actual do conflito, esperando-se da sua parte um novo apelo para o envio de mais tropas.