Última hora

Última hora

AIEA pressiona Israel em voto simbólico

Em leitura:

AIEA pressiona Israel em voto simbólico

Tamanho do texto Aa Aa

A Agência Internacional de Energia Atómica aprovou uma resolução simbólica que pressiona os países do Médio Oriente a renunciarem aos seus arsenais nucleares.

Um voto não vinculativo da AIEA que reflecte a necessidade da adopção de medidas para uma região onde Israel é tida como potência militar mas nunca confirmou ou desmentiu possuir tal armamento. “Se os israelitas não fossem o obstáculo, deveríamos ter tido uma zona livre de armas nucleares no Médio Oriente nos últimos 30 anos, por isso esse é o maior obstáculo”, declarou Alia Shgar Soltanie, embaixador iraniano na AIEA. Entretanto, o presidente iraniano afirmou esta quinta-feira que o Irão nunca abandonará o programa nuclear para acalmar as críticas ocidentais. Mahmoud Ahmadinejad disse em entrevista a um canal de televisão norte-americano que o país não precisa de armas atómicas. Teerão continua a defender que o desenvolvimento de estruturas nucleares que o país tem em curso se destina exclusivamente a fins civis. No mesmo dia a AIEA desmentiu um relatório segundo o qual o Irão o Irão estaria prestes a produzir armamento nuclear.