Última hora

Última hora

Governo japonês suspende parcialmente orçamento anticrise

Em leitura:

Governo japonês suspende parcialmente orçamento anticrise

Tamanho do texto Aa Aa

Tóquio vai suspender de forma parcial o orçamento anticrise de 105 mil milhões de euros adoptado pelo governo derrotado nas históricas legislativas de 30 de Agosto.

O novo governo de centro-esquerda anunciou, esta sexta-feira, que a medida vai permitir examinar em detalhe o orçamento adoptado para o período entre Abril de 2009 e Março de 2010 pelo executivo anterior. Quando tomou posse, o recém-eleito primeiro-ministro nipónico, Yukio Hatoyama, já tinha afirmado que “as perspectivas económicas são incertas e por isso queremos adoptar o mais rapidamente possível medidas que possam aliviar as dificuldades que pesam nas carteiras das pessoas.” Durante a campanha eleitoral, o Partido Democrático do Japão de Hatoyama prometeu examinar em profundidade todas as despesas anticrise do governo precedente para canalizar para programas sociais o dinheiro gasto em medidas consideradas supérfluas Entre estas medidas está o projecto de criação de um centro nacional de artes populares, chamado de “museu manga”. Uma ideia do antigo chefe de governo, Taro Aso, um grande fã de banda desenhada.