Última hora

Última hora

Soldado dinamarquês morre no Afeganistão

Em leitura:

Soldado dinamarquês morre no Afeganistão

Tamanho do texto Aa Aa

Um soldado dinamarquês foi morto e outro ficou ferido no sul do Afeganistão.

Este sábado, a patrulha da Força Internacional foi alvo de disparos, na província de Helmand, um bastião dos talibãs. Os dois soldados atingidos foram transportados de helicóptero para um hospital mas um deles acabou por morrer. Uma fatalidade que eleva para 26 o número de soldados dinamarqueses que perderam a vida no Afeganistão, desde a entrada da força internacional no território, em 2001. Em termos proporcionais, a Dinamarca é o país que sofreu mais baixas, ainda assim longe das 837 mortes de soldados dos Estados-Unidos. Entretanto, os corpos dos seis soldados italianos que morreram quinta-feira no atentado terrorista perpetrado contra um comboio das tropas internacionais, em Cabul, vão ser repatriados. Antes da partida, realizou-se uma cerimónia religiosa na base aérea da NATO onde os soldados prestaram homenagem aos seus companheiros falecidos. Para segunda-feira, dia 21, está marcada uma jornada de luto nacional na Itália e as famílias enlutadas vão realizar os seus funerais.