Última hora

Última hora

Bruxelas leva ajuda a trabalhadores irlandeses

Em leitura:

Bruxelas leva ajuda a trabalhadores irlandeses

Tamanho do texto Aa Aa

Visita de charme de Durão Barroso à Irlanda. A duas semanas do referendo irlandês ao Tratado de Lisboa, o presidente da Comissão Europeia deslocou-se a Limerick, na zona ocidental do país, para oferecer ajuda aos milhares de desempregados de uma empresa instalada na cidade.

Uma acção durante a qual aproveitou para promover o sim: “Como é que podemos ser respeitados e como é que os nossos parceiros podem lidar connosco numa base constante se não temos um mínimo de estabilidade em algumas das nossas instituições? O Tratado de Lisboa é importante para que haja coerência e para que sejamos respeitados”, afirmou Barroso. A Comissão Europeia vai desbloquear perto de 15 milhões de euros para a reconversão de 2.000 trabalhadores que foram despedidos da Dell, a maior produtora mundial de chips informáticos. O encerramento da fábrica de Limerick tornou-se no símbolo da grave crise que se abateu sobre o “tigre Celta”, em tempos uma economia pujante. Os irlandeses são chamados uma vez mais às urnas no próximo dia 2 de Outubro para decidir se o reforço das instituições europeias poderá finalmente entrar em vigor nos 27 estados da UE. Um segundo não ao Tratado de Lisboa deverá mergulhar a União Europeia numa crise profunda. As sondagens vão dando a vantagem aos apoiantes do sim mas também dizem que existe ainda um grande número de indecisos.