Última hora

Última hora

Portugal: a união faz a força do PS e PSD contra pequenos partidos

Em leitura:

Portugal: a união faz a força do PS e PSD contra pequenos partidos

Tamanho do texto Aa Aa

Socialistas e sociais-democratas portugueses apelam à união dentro das formações, num momento em que os pequenos partidos continuam a subir nas sondagens.

Depois de ter surgido em Coimbra ao lado de Manuel Alegre, José Sócrates voltou hoje a recusar qualquer coligação pós-eleitoral à esquerda ou à direita, numa entrevista ao Diário de Notícias. As últimas sondagens dão uma vantagem de 4 pontos aos socialistas sobre os sociais-democratas, que não garantirão a nenhum dos partidos uma maioria absoluta. Se Manuela Ferreira Leite não exclui a possibilidade de uma nova AD com o CDS-PP, a progressão do BE ameaça dispersar o eleitorado de esquerda. Segundo a última sondagem, o partido de Francisco Louçã obtém 12% de intenções de voto, superando a CDU. O escândalo sobre as alegadas escutas na presidência não parece para já afectar o eleitorado. O SIS desmentiu ontem ter recebido instruções do primeiro-ministro para vigiar assessores do presidente.