Última hora

Última hora

Itália: soldados mortos com honras de Estado

Em leitura:

Itália: soldados mortos com honras de Estado

Itália: soldados mortos com honras de Estado
Tamanho do texto Aa Aa

A Itália presta, hoje, a última homenagem aos seis soldados mortos no Afeganistão.

Os militares vítimas de um ataque terrorista há quatro dias em Cabul vão a enterrar com honras de Estado. Uma cerimónia acompanhada por familiares, amigos e líderes políticos na Basílica de São Paulo, em Roma. Esta segunda-feira, as escolas e edifícios públicos cumprem um minuto de silêncio em memória das vítimas. Enquanto, no palácio Presidencial, as bandeiras foram colocadas a meia haste. A Itália declarou dois dias de luto nacional para assinalar a maior perda de soldados transalpinos no Afeganistão, desde o inicio da missão, há cinco anos. O ataque que deixou, ainda, feridos quatro soldados italianos está a gerar no país um grande debate político sobre a permanência das tropas no Afeganistão. O executivo liderado por Sílvio Berlusconi já anunciou que pretende retirar o quanto antes os cerca de 3000 militares no terreno, mas não antes dos aliados.