Última hora

Última hora

Paris usa acampamento de Calais para enviar mensagem a traficantes

Em leitura:

Paris usa acampamento de Calais para enviar mensagem a traficantes

Tamanho do texto Aa Aa

Numa altura em que a França tenta convencer os parceiros europeus a apertar a luta contra a imigração ilegal, Paris justifica a decisão de fechar o acampamento de Calais como sendo uma mensagem às redes de tráfico. A medida voltou a ser justificada hoje pelo ministro francês da Imigração, Eric Besson.

Numa entrevista a uma rádio, Besson afirmou: “Vi que um certo número de pessoas descrevia o acampamento como um simples campo humanitário. Mas não é. É um acampamento de base para traficantes, com pessoas que são exploradas, com pessoas que são vítimas de violência. Há os chefes como nas tribos e reina a lei da selva”. Há pergunta “Há traficantes na Selva de Calais?” Besson respondeu: “Os chefes mais importantes não estão no local, estão escondidos, mas mantêm no acampamento alguns “tenentes” armados, porque trata-se de redes organizadas e estruturadas. Atacaram as forças da ordem, chefes de empresas e mesmo habitantes de Calais. É preciso acabar com as redes de traficantes”. O acampamento “A Selva” é o mais importante do Nord-Pas-de-Calais, sobretudo, após o encerramento do centro da Cruz Vermelha de Sangatte em 2002. Segundo as estimativas, mais de dois mil clandestinos esperam na região a hora de passar para o Reino Unido.