Última hora

Última hora

Entrevista a Louis de Schorlemer, especialista em sondagens do Instituto Gallup Europa

Em leitura:

Entrevista a Louis de Schorlemer, especialista em sondagens do Instituto Gallup Europa

Tamanho do texto Aa Aa

euronews: Louis, tem estado a analisar a campanha eleitoral. Que conclusão retira?

Louis de Schorlemer: “Bom, penso que há boas notícias. Depois de uma campanha relativamente seca e triste, a excitação regressou já que o resultado não é previsível. Um terço dos alemães está indeciso, por isso as últimas horas de campanha vão ser muito renhidas.” euronews: Afirmou que esta campanha foi relativamente aborrecida e de certa forma pouco surpreendente. Porque? Apesar de tudo, a Alemanha viveu uma enorme crise financeira que afectou muita gente. LS: “Bom, e é interessante ver que os alemães esperam que o desemprego cresça no próximo mês, mas apesar de tudo, e quando perguntamos como se sentem, eles afirmam que não estão muito preocupados pelos seus empregos. Cerca de 60 por cento afirma que não ter sido afectada pela crise financeira até agora, pelo menos de forma significativa. Parece que o país inteiro, os média, os políticos e os cidadãos, estão apenas à espera para ver se as coisas vão melhorar.” euronews: Louis de Schorlemer, em directo de Bruxelas. Até Domingo para mais um especial eleições legislativas na Alemanha.