Última hora

Em leitura:

Israel lança apelo anti nuclear


mundo

Israel lança apelo anti nuclear

Falando esta quinta-feira na Assembleia Geral da ONU, o primeiro-ministro israelita, Binyamin Netanyahu, apelou à comunidade internacional no sentido de impedir Teerão de produzir armas nucleares.

Durante o discurso, o Irão abandonou a Assembleia Geral. Para denunciar a posição anti-Holocausto do líder iraniano, Netanyahu empunhou documentos oficiais da era nazi que definem a forma de exterminar o povo judaico. “Aqui está uma cópia das minutas do encontro de altos funcionários nazis instruindo o governo a levar a cabo a exterminação de judeus. Será isto uma mentira?”, interrogou-se o primeiro-ministro israelita perante a Assembleia. A proliferação nuclear foi igualmente a principal questão debatida esta quinta-feira no seio do Conselho de Segurança, presidido por Barack Obama. O Conselho aprovou por unanimidade uma resolução que pretende um mundo sem armas nucleares. O documento não aponta o dedo ao Irão ou à Coreia do Norte, países considerados como ameaças. No entanto, o primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, e o presidente francês, Nicolas Sarkozy apelaram à imposição de sanções mais duras contra o Irão devido às suas actividades nucleares.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Jovens não estão preocupados com eleições