Última hora

Última hora

Eleições alemãs vão resolver dilema de Angela Merkel

Em leitura:

Eleições alemãs vão resolver dilema de Angela Merkel

Tamanho do texto Aa Aa

Os eleitores alemães deverão resolver hoje nas urnas o dilema de Angela Merkel sobre a coligação que vai governar o país nos próximos quatro anos.

O recuo dos conservadores nas sondagens dos últimos dias ameaça pôr fim às expectativas de uma aliança pós-eleitoral entre CDU e liberais. Merkel que conta com uma larga vantagem, poderá ver-se obrigada a reeditar a grande coligação com os sociais-democratas, comprometendo promessas como a de reduzir os impostos ou de relançar a construção de centrais nucleares. A Chanceler encerrou ontem a campanha eleitoral com um comício em Berlim onde acusou o SPD de querer prejudicar a recuperação económica. O candidato social-democrata, Frank Walter Steinmeier deslocou-se a Dresden para apelar aos eleitores a impedirem uma coligação entre CDU e liberais destinada segundo ele, a ajudar os ricos à custa dos pobres. Uma forma de tentar refrear a progressão do FDP de Guido Westerwelle que poderá obter até 14% de votos, a pouca distância de Verdes e da extrema-esquerda. Ao final de uma campanha morna, o tema da presença das tropas alemãs no Afeganistão regressou à actualidade, mas trazido pela mão de Osama Bin Laden. O líder da Al-Qaida multiplicou nos últimos dias as ameaças de atentados caso Berlim não retire as tropas do Afeganistão. Um argumento que não abala o consenso sobre o tema entre os grandes partidos, mas que colocou a polícia em alerta máximo.