Última hora

Última hora

Três militares franceses morrem fulminados

Em leitura:

Três militares franceses morrem fulminados

Tamanho do texto Aa Aa

A morte acidental de três soldados franceses, esta manhã, no Afeganistão eleva para 1406 o número de militares estrangeiros que perderam a vida nesta guerra. 2009 está já considerado o ano mais mortífero para as tropas da Aliança Internacional no terreno.

O avanço dos talibans e o aumento das mortes de militares estrangeiros no confronto ampliaram as críticas da opinião pública internacional sobre o conflito que dura há oito anos e parece ainda estar longe de um fim.

Ainda esta manhã um atentado da guerrilha matou quatro civis e feriu 17 na vila de Herat. O ataque visou o ministro afegão da Energia, Mohamad Ismael que acabou por sair ileso.

O presidente norte-americano, Barack Obama, considerou ontem que não há uma “solução milagrosa” para o conflito no Afeganistão e defende o envio de mais soldados para o conflito.