Última hora

Última hora

Polansky pede liberdade "sob caução e garantias"

Em leitura:

Polansky pede liberdade "sob caução e garantias"

Tamanho do texto Aa Aa

Os advogados de Roman Polansky solicitaram hoje a libertação do cineasta que se encontra detido no sul da Suíça desde sábado.

O Tribunal Penal de Bellinzona recebeu um recurso contra a extradição do realizador franco-polaco para os Estados Unidos. A decisão será anunciada nas próximas semanas. O advogado de Polansky explica que o pedido apresentado à justiça inclui o pagamento de uma caução e garantias de que o arguido vai permanecer no país. A intenção é que Roman Polansky fique em território suíço onde possui uma casa. O cineasta aceita ficar em detenção domiciliária durante o processo de extradição. A detenção de Polansky gerou indignação no mundo do cinema. David Lynch, Martin Scorsese e Pedro Almodovar são algumas das personalidades da sétima arte que assinaram uma petição internacional para a libertação do cineasta de 76 anos.