Última hora

Última hora

Teerão: central de Qom fora das negociações com os "Seis"

Em leitura:

Teerão: central de Qom fora das negociações com os "Seis"

Tamanho do texto Aa Aa

O Irão recusa falar sobre o novo centro de enriquecimento de urânio em Genebra. Uma atitude que justifica com os direitos do país em matéria nuclear

A existência de uma segunda instalação no centro do país veio a público na semana passada. Uma revelação que inflamou os ânimos da comunidade internacional, a poucos dias do encontro com o grupo dos Seis. Esta quinta-feira, os cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU e a Alemanha reúnem-se com o Irão. Em cima da mesa está, por exemplo,uma maior cooperação tecnológica em troca da suspensão das actividades nucleares iranianas. Teerão garante que o funcionamento da nova central respeita as regras definidas pela Agência das Nações Unidas. O calendário de inspecções à nova instalação situada a sul da capital ainda não é conhecido, mas o regime iraniano garante que está para breve. Moscovo que admitiu aplicar sanções contra Teerão durante a cimeira do G20 apela, agora, ao consenso. A China pede medidas construtivas. Nos últimos dias, os Guardas da Revolução voltaram a testar mísseis de médio alcance, capazes de atingir Israel.