Última hora

Última hora

Israel aceita libertar 20 palestinianas em troca de informações sobre Gilad Shalit

Em leitura:

Israel aceita libertar 20 palestinianas em troca de informações sobre Gilad Shalit

Tamanho do texto Aa Aa

Israel aceita libertar vinte prisioneiras palestinianas em troca de informações sobre Gilad Shalit, um soldado raptado em Junho de 2006.

A decisão anunciada esta quarta-feira pelo gabinete do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu é o primeiro gesto concreto num processo de negociação que dura há três anos. As conversações entre Telavive e o Hamas são mediadas pelo Egipto e pela Alemanha. O Hamas exige a libertação de centenas de prisioneiros entre eles detidos que cumprem penas por ataques violentos contra israelitas. Em Março deste ano, os pais do soldado montaram uma tenda em frente à casa do então primeiro-ministro Ehud Olmert para exigir avanços no processo.