Última hora

Última hora

Vídeo de Shalit em troca de 30 prisioneiros

Em leitura:

Vídeo de Shalit em troca de 30 prisioneiros

Tamanho do texto Aa Aa

Israel vai libertar na próxima sexta-feira três dezenas de prisioneiras palestinianas e uma criança.

Em contrapartida, o movimento islamita Hamas vai entregar uma prova do estado de saúde de Gilad Shalit. O soldado israelita capturado em 2006. O acordo foi confirmado pelas duas partes: “Trinta mulheres palestinianas serão libertadas nos próximos dias. Em troca vamos clarificar a actual situação do soldado israelita em cativeiro” afirma Abu Obeida, porta-voz do Hamas. O acordo está a ser mediado pelo Egipto e pela Alemanha. Telaviv já se congratulou com o sucesso das negociações. O Presidente israelita, Shimon Peres, sustenta que “é um passo importante, mas apenas um. O caminho para a libertação vai ser longo e difícil.” Berlim já teve acesso ao vídeo, que afirma durar cerca de um minuto. A libertação do soldado tem mobilizado centenas de pessoas. O militar não é visto desde há três anos, mas as provas de vida enviados pelos raptores continuam alimentar a esperança de familiares e amigos.