Última hora

Última hora

BAE pode ter que responder em tribunal

Em leitura:

BAE pode ter que responder em tribunal

Tamanho do texto Aa Aa

O gabinete britânico de combate às fraudes está a estudar a possibilidade de processar, na justiça, o gigante britânico de equipamentos de defesa, BAE Systems.

A BAE, maior grupo europeu de armamento, é suspeito de corrupção em casos de venda de aviões e fragatas à República Checa, à Roménia, à África do Sul e à Tanzânia, que remontam aos anos 90. Esta não é a primeira vez que a BAE se vê envolvida neste tipo de casos. Em 2006, o grupo foi ilibado da suspeita de um suborno na Arábia Saudita. Na altura, o então primeiro-ministro britânico Tony Blair mandou parar as investigações, ao dizer que ameaçavam a segurança nacional. O gabinete de combate às fraudes pediu agora ao procurador-geral britânico autorização para levar a BAE a tribunal. O grupo, que foi accionista da Airbus, está agora envolvido no projecto Eurofighter e na construção de dois porta-aviões britânicos. O anúncio da possível acção em tribunal fez caír os papéis da BAE na bolsa de Londres.