Última hora

Última hora

Ecofin dividido sobre fim das medidas anti-crise

Em leitura:

Ecofin dividido sobre fim das medidas anti-crise

Tamanho do texto Aa Aa

Os governos da União Europeia estão divididos quanto a fixar uma data para o fim dos programas de ajuda à economia.

Os ministros da Economia e Finanças dos Vinte e Sete estiveram reunidos em Gotemburgo, na Suécia, para discutir, entre outros assuntos, o fim dos programas de relançamento. O presidente do grupo de ministros da Eurozona, o luxemburguês Jean-Claude Juncker, diz que o importante é reforçar as economias: “Qualquer política estrutural que seja posta em marcha deve revigorar o potencial de crescimento da Europa”, disse. O comissário para a Economia, Joaquín Almunia, diz que é preferível esperar por uma retoma sólida. A Comissão Europeia aponta 2011 como a data a partir da qual as políticas de relançamento devem ser abandonadas, para evitar um sobre-endividamento dos governos. Os governos do Reino Unido, França, Itália, Grécia, Espanha e Portugal não querem, para já, ouvir falar em datas.