Última hora

Última hora

Roménia enfrenta dias instáveis

Em leitura:

Roménia enfrenta dias instáveis

Tamanho do texto Aa Aa

A coligação que governa a Roménia chegou hoje ao fim com a demissão em bloco dos ministros do PSD.

O partido de centro-esquerda decidiu deixar a aliança depois de o primeiro-ministro liberal ter demitido o ministro do Interior. O PSD alega que a demissão serve os interesses do presidente que pretende recandidatar-se à chefia do Estado em Novembro. Traian Basescu é acusado de querer colocar uma pessoa da sua confiança no ministério do Interior que é responsável pela organização do escrutínio de 22 de Novembro. Um analista romeno antevê tempos de instabilidade social, com um governo paralisado, incapaz de agir e sem poder usar as presidenciais como desculpa. O fim da coligação surge num contexto de grave crise económica e contestação social. O país está dependente de um empréstimo do FMI para pagar os salários dos funcionários públicos. As últimas semanas ficaram marcadas por greves e protestos dos magistrados, da administração pública e dos caminhos de ferro.