Última hora

Última hora

Sinais de abertura do Irão sobre o nuclear nas discussões em Genebra

Em leitura:

Sinais de abertura do Irão sobre o nuclear nas discussões em Genebra

Tamanho do texto Aa Aa

Encontro construtivo esta quinta-feira em Genebra, na Suíça, sobre o programa nuclear iraniano. A reunião entre Teerão e o grupo dos seis permitiu desbloquear as discussões e marcar uma nova reunião ainda antes do final de Outubro.

O encontro em Genebra ficou marcado pela reunião bilateral entre os negociadores americano, William Burns, e iraniano, Saeed Jalili. A primeira do género em 30 anos. As negociações diplomáticas vão intensificar-se nos próximos dias, em torno do acordo de princípio sobre o enriquecimento de urânio do Irão num país terceiro. A decisão foi anunciada por Javier Solana, chefe da diplomacia europeia, que adianta que o urânio enriquecido servirá ao reactor dedicado a aplicações médicas. A Rússia já se mostrou disponível para o fazer. O Irão comprometeu-se também a cooperar com a Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA)sobre as inspecções à central de enriquecimento de urânio de Qom, cuja existência foi revelada há dias. França exige que as inspecções tenham lugar no espaço de duas semanas. Apesar dos sinais de abertura, Teerão não vai abdicar do direito ao nuclear. Isso mesmo foi reiterado, em Genebra, por Saeed Jalili, negociador iraniano. Teerão recusa suspender o programa nuclear, que diz ser pacífico. Mas Washington diz esperar agora acções concretas do regime iraniano como prova das boas intenções.