Última hora

Última hora

Sumatra massacrada pelo tremor de terra

Em leitura:

Sumatra massacrada pelo tremor de terra

Tamanho do texto Aa Aa

Quatro dias após o tremor de terra as equipas de salvamento correm contra o tempo para tentarem encontrar sobreviventes sob os escombros.

Segundo membros das Nações Unidas na região entre 3 mil e 4 mil pessoas podem estar presas ou soterradas, o tempo máximo sobrevivencia nestas condições é de cerca de cinco dias, o que torna o trabalho dos socorristas ainda mais urgente. As autoridades receiam que o número de mortos ultrapasse largamente os mil. Oficialmente ascende a 540 o balanço de vítimas mortais e cerca de 2 mil os feridos. Até agora, os trabalhos de buscas têm sido concentrados na cidade de Padang, capital da Província de Sumatra Ocidenta que foi severamente atingida. A ajuda internacional já começou a desembarcar no país, assim como equipas de resgate vindas da Austrália, Japão, Coreia do Sul e da Grã-Bretanha. O terramoto de quarta-feira teve magnitude de 7,6 na escala Richter.