Última hora

Última hora

Conservadores britânicos discutem Tratado de Lisboa

Em leitura:

Conservadores britânicos discutem Tratado de Lisboa

Tamanho do texto Aa Aa

O Congresso do Partido Conservador inglês está reunido, durante toda a semana, em Manchester, devendo discutir a posição a assumir, perante o Tratado de Lisboa.

Espera-se que David Cameron diga aos congressistas se insiste no referendo ao Tratado de Lisboa, que pode estar em vigor, quando ele chegar â chefia do governo. “Eu penso que o que Boris Johnson está a dizer é o mesmo que eu tenho dito. Todos queremos um referendo ao Tratado de Lisboa. Sentimo-nos enganados e não vamos fazer o mesmo que o Governo fez. Estamos irritados, porque a Irlanda votou duas vezes e nós não conseguimos votar uma única. O Boris está a dizer o que eu estou a dizer, que nós queremos esse referendo e queremos que isso aconteça”, disse Cameron, à chegada ao Congresso. Borins Johnson é o presiidente do município de Londres. Ele tem defendido que, mesmo depois do Tratado estar em vigor, é possível referendar parte do articulado. Teremos de esperar até ao final do congresso, por uma resposta mais clara Também as anunciadas políticas sociais estão a causar perplexidade. Por exemplo, o aumento da idade de reforma. Cameron espera impor uma dinâmica de vitória, para as eleições da próxima primavera. “Vamos deixar avançar esta semana, nós não queremos que o Labour ganhe as eleições. Nós já mostramos que merecemos ganhar”. O discurso de encerramento, por tudo isto, é aguardado com enorme expectativa.